LEIA ONLINE

―HOSTS―
GOLDEN MANGAS】【MANGAHOST

MANGALIVRE】【UNION MANGAS
―SERVIDORES―
IMGUR】【MEGA

・TOARU MAJUTSU NO INDEX SS: BIO-HACKER CAPÍTULO 05
―PARTE 01

A garota de vestido, Gokusai Kaibi, não fez nada de especial.

Ela não precisava esgueirar-se através de um duto, nem precisava seduzir alguém exibindo a coxa por baixo do vestido fino.

Ela simplesmente se aproximou de um prédio de 10 andares análogo às delegacias da cidade fora da Cidade Acadêmica.

Ela caminhou até ela, abriu a porta de vidro e entrou na estação da Anti-Skill.

Criminosos algemados não eram de fato as únicas pessoas com assuntos ali. As pessoas poderiam resolver infrações menores pagando uma multa de trânsito, perguntando sobre um item que faltava ou renovando sua carteira de motorista. Como o local era climatizado, não era incomum os idosos passarem sem objetivos reais e conversarem com os policiais lá ou simplesmente deitarem no banco do saguão. Assim como hospitais, instalações públicas como essa costumavam se tornar lugares para as pessoas relaxarem.

Se você só queria entrar, as portas da estação estavam abertas para qualquer um. Estás não seriam exatamente instalações “públicas” se as pessoas não fossem autorizadas a entrar.

Exceto que a garota de vestido estava interessada em suas irmãs serem mantidas nas celas. Em outras palavras, com alguns desses ❝criminosos algemados❞. Passar pelo balcão de recepção naturalmente aumentou a dificuldade consideravelmente.

(Agora, então.)

Eu sou Tanaka da Judgment. Eu tenho aqui os documentos do caso que você solicitou para revisão.”

Quando ela passou pelo balcão da recepção, uma recepcionista que não parecia diferente de um caixa de banco sorriu gentilmente.

“Oh, é isso? Muito obrigado.”

“A sala de armazenamento de documentos ainda está no mesmo lugar?”

“Sim, sim. Desça as escadas e vire à direita.”

Cidade Acadêmica tinha duas agências policiais diferentes: a Anti-Skill, liderada por adultos, e a Judgment, liderado por estudantes.

O primeiro grupo substituiu a polícia e o segundo trabalhou nas escolas para mediar problemas entre os alunos, mas isso não significava que eles nunca interagissem.

E se uma conexão como essa existia, por que não usá-la? Isso a permitiu passar sem levantar suspeitas.

Uma vez que ela estava lá atrás, o resto foi fácil. Ela trocou um aceno de cabeça com os oficiais adultos da Anti-Skill por onde passava e esperou até que o fluxo de pessoas terminasse em um corredor diferente daquele que levava ao depósito de documentos.

Especificamente, para as celas onde suas irmãs foram presas.

Nesse ponto, a única maneira de evitar ser vista era confiar na distância e na direção geral que ela podia sentir usando o Measure Heart ― algo muito semelhante a uma presença não natural sentida na escola no meio da noite ― mas ela tinha muito uso prático.

Nem todos os poderes eram tão simples quanto controlar o fogo ou a água. As pessoas que acabassem com um poder menos óbvio se concentrariam mais em como aplicavam esse poder.

“Onee-chan!!”

“Sim, sim. Vou abrir a porta, então dê um passo para trás.”

O rosto da irmã mais nova se iluminou e ela agarrou as barras com as duas mãos, então a garota de vestido suspirou e acenou com a mão.

Enquanto isso, a irmã mais velha, Rikuri, franziu a testa de uma maneira cética e ainda preguiçosa para a próxima cela.

“Você está sozinha?”

“Sim.”

Kaibi usou um spray especial para se livrar de todas as impressões digitais, suor, e saliva na primeira cela e depois jogou o frasco de spray na cela de Rikuri.

Esse brinquedo foi criação de Rikuri, então ela bateu os calcanhares afiados no chão e eliminou todos os vestígios de sua estadia lá com a mão.

“Como a Anti-Skill não está com você, suponho que você não fez isso criando documentos oficiais.”

Com o Measure Heart de Kaibi, seria possível usar a distância emocional de ❝uma vítima de acusações falsas❞ para conseguir que um promotor público escrevesse um documento oficial para sua libertação.

“Não teria mudado muito. Temos que atingir a sala do servidor antes de sair de qualquer maneira. Se não excluirmos suas imagens, impressões digitais, DNA e outros dados, eles poderão rastrear você mesmo depois que você sair.

Measure Heart só poderia influenciar sua distância emocional com outra pessoa.

A estação da Anti-Skill estava cheia de câmeras de segurança, então elas tiveram que lidar com isso agora que ela havia se infiltrado na estação sem permissão.

“Oh, se estamos fazendo uma parada, então vamos pegar meu brinquedo também!! Do armário de evidências!!”

Esse já era o plano. A metralhadora estava coberta de suor e impressões digitais, para que não pudessem deixá-la aqui. A exclusão de todos esses dados da rede da Anti-Skill era inútil se pudesse ser facilmente recuperada a partir de evidências físicas.

“Pegue o que quiser.”

“Então eu quero tomar um daqueles almoços que eles dão às pessoas. Especialmente se eles tiverem katsudon.”

As três saíram descaradamente das celas e pararam na sala de servidores próxima para encontrar e excluir os dados inconvenientes. Mas sempre havia uma chance de ser restaurado, então elas também inseriram um vírus que sobrescreveria rápido e repetidamente tudo com caracteres alfanuméricos aleatórios. Para iniciar a investigação, elas se certificaram de apagar os dados de alguns criminosos aleatórios, além das irmãs.

Isso acabou de sair do armário de evidências.

Elas encontraram o número de identificação do caso das irmãs na sala dos servidores, então elas abriram a porta de metal, encontraram o recipiente correto entre os muitos que estavam dentro e puxaram a metralhadora da Amazora.

“Yay! Minha arma!!”

“Rikuri Nee-san, e os seus drones injetores de curto alcance?”

“Não é um problema. Eles fizeram um exame de sangue em nós, então deve haver alguns registros médicos simples aqui também.”

A Anti-Skill estabeleceria uma conexão imediata com elas se apenas a evidência desse caso fosse roubada, portanto, algumas táticas de perturbação eram necessárias. Elas abriram um contêiner aleatório, mexeram com a bateria de íon de lítio dentro e o devolveram ao local. Então elas só tiveram que mexer com o detector de incêndio e o aspersor no teto para provocar um mau funcionamento. O incêndio não natural e o mau funcionamento do equipamento de combate a incêndio significariam todas as evidências queimadas.

(Precisamos de um caso inexistente e de alguns casos de chamariz não relacionados que apenas apagamos parcialmente. Sim, isso deve acontecer.)

Os pensamentos de Kaibi foram interrompidos por uma mudança muito pequena.

Ela ouviu um clique desagradável da porta de metal.

Ela e a irmã mais velha trocaram um olhar e correram em direção à porta, deixando para trás a terceira irmã que ainda não havia entendido.

Mas não abriria.

(Essa foi a trava eletrônica!?)

Havia também um obturador de metal na parede externa para carregar evidências em um veículo, mas também estava trancado. Isso não parecia algum tipo de armadilha não tripulada. Alguém as prendeu aqui.

“Estamos presas!!”

“O que, o que!? Devo explodir nossa saída?”

Amazora ignorou a alça de ombro deslizante de seu vestido enquanto acenava levemente em torno de sua metralhadora, mas isso não faria sentido. Disparar por aí criaria um monte de novas evidências depois que elas se esforçaram para eliminar tudo.

Elas não tinham tempo.

Elas queriam fugir sem que ninguém percebesse.

A segunda irmã cerrou os dentes, mas então ouviu a linha telefônica interna tocando.

A saia cortada de Rikuri balançou quando ela deu um passo para trás.

“Uma demanda para se render, talvez?”

“Você reprime a violenta Amazora. Faça com que ela derrube a arma e a coloque na bolsa.”

A tensão e a pressão eram insuportáveis ​​quando Kaibi pegou o receptor na parede.

“Olá. Você fez uma bagunça na rede e isso está causando algum caos, mas eu ainda consegui prendê-la aí.”

(Isso não é a Anti-Skill. E ela parece muito jovem.)

Kaibi não pôde usar o Measure Heart pelo telefone.

Isso foi apenas azar ou foi parte do plano dessa pessoa?

(Eu preciso assumir o pior aqui.)

“Você é um negociador contratado?”

“O grupo que lhe contratou não iriar entrar em contato com você assim. Agora, a Anti-Skill notará que algo está acontecendo e entrará por aquela porta em mais 120 segundos, então eu gostaria de uma resposta antes disso.”

“Então se apresse.”

“O que eu quero é informação. Fale e eu farei algo sobre essa fechadura eletrônica, causando muitos problemas. Ou pela porta interna ou pelo obturador externo. É a sua escolha.”

“Então não podemos pagar antecipadamente. Você simplesmente desligará no instante em que obter o que deseja.”

“Se você prometer me dizer depois, tudo bem por mim.”

“Então simplesmente fugiríamos.”

“Mas você não quer saber o que aconteceu com os dados que você pensou que tinha apagado completamente?”

Kaibi estalou a língua.

Ela não tinha como saber se isso era verdade. Essa pessoa pode não ser capaz de afetar nada além desta linha telefônica interna. Mas ela não podia ignorar a possibilidade de restaurar ou fazer backup dos dados em outro servidor.

Ela suspirou.

“Faça do seu jeito.”

“Acredito que isso significa que temos um acordo.”

Com um ruído surdo, o obturador de metal que conduzia para fora começou a se mover, em vez da porta de metal que conduzia para dentro de casa.

“Eles entrarão pela porta em mais 30 segundos. Você precisa fazer uma corrida louca por isso, se não quiser ser vista.”

“Nee-san, Amazora!!”

Kaibi jogou o fone de lado e gesticulou para as irmãs do lado de fora. Ela se agachou para deslizar por baixo da persiana antes que ela se abrisse completamente.

Um caminhão foi parado do lado de fora.

Mas não para eles seguirem em frente. O veículo grande avançou um pouco para revelar um bueiro com a tampa removida.

“Esse caminhão é controlado remotamente” ― disse Rikuri ― “Eles estão preocupados com o seu Measure Heart.”

(Argh!!)

Elas não tiveram escolha a não ser entrar nos esgotos.

Depois que as três irmãs entraram no bueiro, a luz do sol desapareceu. O caminhão havia recuado para encobrir o buraco.

Uma vez no fundo, o tremeluzir de uma chama varreu a escuridão em vez de uma luz de LED.

Isso veio de uma lâmpada de óleo segurada por uma menina do ensino médio em um uniforme de marinheiro de manga curta. Essa não era uma roupa para se aventurar pelos esgotos, o que tornava um mistério o quão bem ela se misturava ao ambiente.

“Riku-Kai Onee-chans, posso atirar nela?”

Rikuri impediu Amazora de se deixar levar. Como usuária de veneno, a irmã mais velha sabia que uma lâmpada de óleo caindo no chão faria com que as chamas se espalhassem. E embora este fosse um ralo de tempestade, ainda fazia parte do esgoto. Se o fogo atingisse o lodo ou o lixo plástico aqui, ele poderia espalhar toxinas como dioxina ou óxido de nitrogênio neste espaço fechado.

A garota de vestido respirava o ar imundo.

“O que é que você quer?”

“Informações sobre a LSS, especificamente, onde o Presidente Matsuo Ryuusuke iria se esconder depois de abandonar o QG.”

“…”

“O que você prefere, morrer ou divulgar informações sobre seu cliente? Mas me dizer isso é tão bom quanto me dizer tudo o que preciso saber.” ― A menina da lâmpada de óleo deu um sorriso cínico ― “A propósito, a LSS ajudou de alguma maneira a tirar suas preciosas irmãs daquela estação Anti-Skill? Eles têm poder suficiente para encobrir o ataque do dragão e o incêndio naquela garagem, então parece-me que eles deveriam ter conseguido organizar a libertação de duas suspeitas com relativa facilidade.”

“Onee-chan.”

“Ah, eu já sei bastante sobre o Measure Heart. Sinta-se livre para definir nossa distância emocional para o que quiser.” ― A garota zombou ― “Faça-nos inimigos jurados e isso se tornará uma piada. Faça-nos namoradas e isso será uma grande preocupação. De qualquer maneira, o que eu realmente digo continuará o mesmo. Afinal, é um fato difícil e frio que a LSS tenha abandonado você.”

―――――――――――――――――――――――――――――――

O rio foi feito de concreto.

Não havia um banco real, mas havia pequenos caminhos preparados de ambos os lados. Eles tinham apenas metade da largura de um corredor da escola.

(Espero que a Senpai esteja bem.)

Kamijou olhou para dentro de um porto redondo de água aberto no muro de concreto.

Ele só teve que esperar, mas estar sozinho era angustiante.

Aquela garota do secundário de cabelos fofos não estava mais com eles.

(Como você pode usar a trava eletrônica para prendê-las lá dentro e depois agir como se você fosse a mocinha por deixá-las escapar?)

Ele recebeu instruções extremamente vagas ―(Espere aqui até eu resolver tudo)― e ele obedeceu ansiosamente, mas finalmente sentiu alguém se afastando daquela abertura redonda.

Kumokawa Seria deu a ele um sinal de paz com os dedos indicador e médio.

“As negociações foram um grande sucesso.”

“Uau, essas terroristas atiradoras em massa realmente estão te seguindo!!”

As três irmãs em vestidos berrantes não pareciam satisfeitas com essa descrição, mas também não podiam refutá-lo, pois de fato usavam uma pistola e uma metralhadora.

A irmã do meio colocou a mão na lateral do pescoço, exasperada.

“Voltaremos a LSS por nos abandonar.”

(Então ela é uma espécie de tsundere sombria ou algo assim?)

“Ah, e essa garota de coração escuro prometeu nos pagar o triplo do que a LSS não nos pagou. Pode ser apenas uma promessa verbal, mas é melhor você não voltar atrás no seu acordo.”

“Bem, eu estava errado!! Senpai, que tipo de promessas você tem feito!?”

“Só para você saber, não importa que tipo de justificativa você faça, estamos prestes a atacar propriedades pertencentes ao presidente da empresa. Esse é um ato flagrantemente criminoso, portanto reduzirá o dano que sofreremos se essas falhas assassinas realizarem o ataque real por nós.”

Ainda assim, essa conversa sobre recompensas e acordos estava além do que um estudante do secundário estava acostumado a lidar. Todas as meninas do ensino médio estavam envolvidas no mundo econômico?

“Estamos bem em cometer os crimes aqui, mas você ainda não pode escapar do crime de instigação. Hee, hee.”

A garota de vestido mergulhou na decadência de um guerreiro derrotado, que atraiu um fascínio misterioso nela. Os verdadeiros conhecedores que preferiram Cinderela antes de sua transformação podem ter sentido um palpitar no coração.

Kumokawa suspirou.

“Como nossos interesses estão alinhados, não precisamos nos preocupar com traições aqui. Nós a ajudamas a escapar e até preparamos um emprego para vocês, então é hora de vocês finalmente jogarem suas cartas. Sei que você deve ter examinado a capacidade de pagamento de seu cliente, então onde está o esconderijo do presidente da LSS, Matsuo Ryuusuke?” “Entendido.” ― A garota de vestido foi rápida em responder ― “Distrito 21. Ele tem uma vila nas montanhas.”

―PARTE 02

O Distrito 21 da Cidade Acadêmica era a única região montanhosa na cidade.

Tinha apenas algumas montanhas relativamente pequenas, mas ainda havia muitas coisas construídas lá, como um observatório e uma represa. Era também uma fonte de água independente crucial para a Cidade Acadêmica.

Uma estrada sinuosa da montanha estava coberta por um dossel de árvores. A área era tão escura que era fácil esquecer que ainda era manhã. Este lugar parecia um reino de noite eterna, isolado do fluxo normal do tempo.

O carro esportivo vermelho baixo parecia deslocado naquela estrada da montanha.

Mitsuari Ayu havia sido colocado no banco do passageiro. Não era natural que uma garota de uniforme escolar estivesse presente em um dia da semana, mas ela não estava de forma alguma presa. Se estivesse, as câmeras da esquina ou os robôs de segurança notariam que algo estava errado.

Ela não conseguia se mexer. Se não fosse o cinto de segurança, a inércia a faria cair.

Seu corpo estava letárgico.

Sua consciência estava desaparecendo.

Ela não podia esperar usar seu poder assim. Ela teve que focar sua mente para evitar se sufocar com sua própria saliva.

“Quando chegarmos, injetarei o antídoto da minha empresa para a arma de choque infeccioso, para que você se concentre em chegar lá com segurança.” ― O jovem no banco do motorista sorriu levemente ― “Estamos muito decepcionados que uma falta de comunicação tenha levado a isso. Você é um recurso crucial que não deve morrer, portanto não precisa se preocupar com nada.”

“…”

Ele não podia permitir que ela morresse, mas por quanto tempo isso continuaria sendo verdade?

Ela podia confiar nisso até dar a ele o que ele precisava, mas e depois?

Ela vira a imagem estática da Criança do Princípio na sala de servidores do QG da LSS.

A esper moderna mais antiga podia ser despertada usando estímulos internos em sua mente. Só isso poderia soar como uma ação louvável, mas Mitsuari havia sido atacado por um dragão gigante e uma arma biológica. Supostamente, o controle da Criança do Princípio pode dar uma tecnologia a par do Presidente do Conselho, Aleister, e isso deve estar desempenhando um papel importante na decisão desse homem.

A música clássica tocando no carro não estava de acordo com os gostos da garota, mas ela não conseguia nem ajustar o estéreo do carro.

Ela balançou e virou a cabeça em direção à janela.

A densa floresta que passava parecia o mundo dos mortos para ela.

(Um ponto de referência.)

“Tudo o que preciso fazer é acordar a Criança do Princípio, que nem mesmo Aleister poderia controlar. Você é livre para ir depois disso. Apenas tê-la em espera em um estado ‘utilizável’ será uma poderosa moeda de troca com o Presidente do Conselho.”

(Preciso de um ponto de referência…, para me dizer…, onde estou.)

Ela viu uma torre gigante erguendo-se verticalmente das montanhas. Ela já ouvira falar disso antes.

Era uma usina de energia que usava o calor dentro da terra. Ela procurou em sua memória e encontrou o nome: Ground Geo.

―PARTE 03

“Ohh, ohhhhh.”

A irmã mais nova, Gokusai Amazora, chutou as pernas pequenas no assento do estande ao lado da janela. Ela abriu o cardápio e gritou de alegria.

Eles estavam em um restaurante do Distrito 21, no sopé das montanhas.

“Eles têm ostras! Umas cruas!! Sim, sim!!! Finalmente posso comer algumas ostras cruas!!”

“Amazora”, cortou Kaibi do assento ao lado dela.

Rikuri riu sentada na mesma mesa.

“Você não pode, minha irmãzinha fofa. Não dissemos para evitar comer antes de um trabalho importante?”

“Ehhh!? Ainda não posso ter nenhuma!?”

As pernas da terceira irmã se estendiam abaixo da mesa e ela descaradamente bufou as bochechas.

Essas irmãs haviam criado um espaço no estilo gal diferente de Kumokawa ou Mitsuari. Foi demais para Kamijou Touma, que se afundou e falou nervosamente.

“Eh? É como má sorte ou algo assim? Você é como os profissionais vistos apenas nos filmes, então estou surpreso por você obedecer a essas regras não científicas.”

“Oh, não é sobre isso. Até crianças pequenas sabem que ostras cruas são um risco de intoxicação alimentar. “

“Bem, isso não é da minha conta” ― disse ele ― “Parece que minha carteira tem o suficiente para cobrir um conjunto de almoço, então eu vou com esta refeição de ostra crua.”

A bunda pequena da terceira irmã levantou-se da cadeira com os olhos brilhando.

“Yay, eu amo você, Onii-chan! Agora eu posso compartilhar suas ostras cruas!!”

?

― Suspiro ―

“Faça do seu jeito, mas não vou te salvar se você sentir dor de estômago em algum ponto crucial da missão.”

Por alguma razão, a irmã mais nova se alegrou e as outras duas irmãs levaram as mãos à testa, mas Kamijou só conseguiu inclinar a cabeça em confusão.

A comida nem chegou, mas Amazora parecia convencida de que pegaria algumas ostras do prato dele.

“Hum, hum, hum. Ostras cruas, muitas ostras cruas ☆”

A garota de 10 anos começou a cantar enquanto afundava como um submarino. Não, ela se arrastou para baixo da mesa do estande e, em seguida, sua cabeça apareceu entre as pernas de Kamijou.

“Gwah!?”

“Ok, este é o meu lugar agora!!”

Agora ela estava sentada no colo dele.

Ela chutou as pernas enquanto imaginava a refeição de ostra crua por vir, mas Kamijou não sabia como lidar com crianças daquela idade e ele congelou. Havia muito contato corporal acontecendo e olhando para baixo, deixando-o ver o peito liso de seu vestido berrante, por isso era uma situação perigosa ao redor. Mas ele também achava que seria errado jogá-la sem piedade fora dele.

“Oh, caramba. Pelo menos, limpe as mãos com uma toalha molhada. Você acabou de pressioná-los contra o chão imundo rastejando, não foi?”

“Ehh? Que dor.”

“Você pode olhar o menu enquanto eu faço. Aqui, deixe-me ver suas mãos.”

“Eu disse que não preciso― hee, hee, nya, ha, ha, ha, ha!!

Ela riu em cócegas enquanto ele seguia seu caminho com as mãos pequenas e a garota de vestido cutucou as bochechas.

Kumokawa Seria deu um suspiro exasperado enquanto cruzava as pernas ao lado dele.

“Não vou ficar com ciúmes de uma garota tão jovem, então podemos começar a trabalhar? Como está indo à investigação preliminar?”

“Eu dei uma olhada rápida nas coisas”, respondeu Rikuri preguiçosamente enquanto descansava a cabeça na mão. Ela usou a mão direita por causa da ameaça tóxica da agulha na ponta do dedo anelar da mão esquerda.

Ela usava drones além de venenos, então, em vez de invadir a montanha sem saber a ameaça, eles decidiram esperar um pouco aqui.

“Perto da barragem, parece haver uma cabana de madeira a uma curta distância da estrada da montanha. Ele corresponde aos documentos que encontramos ao pesquisar sua capacidade de pagamento. A ventilação é realizada usando um duto longo que viaja subterraneamente para um local remoto, mas a tampa possui um filtro muito especial instalado. Isso pode ser uma marca de identificação dele, então ele quase certamente está escondido lá por seu trabalho.”

“Mais alguma coisa digna de nota?”, perguntou Kumokawa.

Rikuri colocou um computador dobrável sobre a mesa e encolheu os ombros.

“Meus drones não são bons o suficiente para procurar minas escondidas no subsolo, mas detectaram algumas grandes leituras de calor. Essas são criaturas vivas. E imagino que encontraremos mais e mais desses.”

“De quão grande estamos falando?”

“Maior que um elefante africano. Inicialmente, pensei que fossem robôs com essa forma, mas parece que eu estava enganada.”

É difícil encontrar animais terrestres tão grandes, não apenas no Japão, mas no mundo como um todo. Isso foi maior que os maiores listados na enciclopédia.

As encostas íngremes e os bosques profundos da única região montanhosa de Cidade Acadêmica foram transformados em zona de morte pela tecnologia da LSS.

“Mas o Bio-Hacker Matsuo Ryuusuke pode estar usando mais do que aquelas criaturas óbvias como seus brinquedos. Poderia haver animais menores, como cobras venenosas ou insetos, plantas carnívoras ou parasitas e até mofo ou bactérias. Se a LSS quisesse, eles poderiam criar plantas e animais que variam do microscópico ao enorme. Eles provavelmente também poderiam criar explosivos de base biológica e etanol.”

Enquanto isso, a comida que eles pediram chegou, então eles tiveram que interromper sua conversa perigosa.

Os olhos de Amazora brilharam e ela apertou as mãos na frente do peito liso, como se estivesse rezando.

“Minhas ostras cruas estão finalmente aqui!!”

“Essas são minhas” ― protestou Kamijou ― “Você pediu sua própria comida! Ainda não é o dia de solstício de boi e você, entretanto, pediu uma tigela de enguia extra grande! E você pediu sem o molho habitual, como algum tipo de perito!!”

“Uhh…”

“Não chore, não implore e não se encoste em mim. Tampouco faça olhos de cachorrinho pidão.”

“Uhhh!!”

“Okey, tudo bem! Se isso impedir que você chore, podemos ficar com meia-sessões!!”

“Heh, heh. Então você pode tomar minha sopa de fígado de enguia, maravilhoso Onii-chan.”

“Como isso é justo? As ostras são o meu prato principal, então você tem que me dar metade das enguias!! Com uma tigela de enguia, dividi-la perfeitamente ao meio é bastante simples com alguns palitos!!”

Kumokawa Seria havia pedido um bagel com abacate e salmão defumado fatiado, Gokusai Kaibi havia pedido um descorado udon no estilo Kansai e Rikuri havia pedido um prato de macarrão com legumes de verão, embora ela não pedisse pimentão ou alho.

“Este é um inferno de uma formação.” ― Kamijou parecia exasperado ― “Que tipo de restaurante é esse?”

“Eu pensei que era um restaurante de faz-tudo, semelhante aos da praia.”

O único ponto em comum entre eles era evitar qualquer cheiro forte, como arroz de curry ou pepperoncino. Da mesma forma, eles pediram água fria para beber em vez de chá ou café.

“Minha irmãzinha fofa, não coloque pimenta nas enguias. Já que você as pediu sem o molho, você precisa se ater ao molho de soja wasabi.”

“Ehhhh!?”

“Amazora.”

A irmã do meio era aparentemente mais forte que a mais velha da família. Uma única palavra dela e a irmã menor cedeu.

Kumokawa Seria suspirou.

“Garoto, não coloque nada além de molho de soja em suas ostras. Não aperte nenhum sudachi neles também.”

“Ehhhh!?”

“Garoto.”

Ele não teve escolha a não ser ceder.

Ele entendeu o ponto por trás disso. Eles estavam prestes a entrar nas montanhas e jogar um jogo mortal de esconde-esconde com criaturas possivelmente possuindo sentidos sobre-humanos.

Ainda assim, Kamijou estava decidido a comer algumas ostras cruas depois de pedir a refeição. A menina em seu colo havia levado três de suas cinco ostras (como isso pode ser chamado de metade!?), então ele teve que planejar seus próximos movimentos com cuidado. Ele só tinha duas daquelas coisas sem casca. Um que ele iria comer como está. O outro ele personalizava com molho de soja e rabanete ralado. Se ele não conseguia, sabia com certeza que iria chorar.

(Ok, onde está o molho de soja?)

Ele estendeu a mão para pegar uma pequena garrafa dos condimentos em uma extremidade da mesa, mas sua mão esbarrou na de outra pessoa.

Pertencia a Kaibi.

“Ah.”

“Ah.”

Agora não era hora de uma atmosfera agridoce. O molho de soja tombou e seu conteúdo estava se espalhando pela mesa. A tensão era muito maior que o normal, graças aos vestidos berrantes das irmãs. Uma mancha nelas causaria muito mais danos do que na camisa ou calça de um cara, então ele rapidamente pegou os guardanapos. E…

“Ah.”

“Ah.”

Seus dedos esbarraram nos finos de Rikuri.

Mas, em vez de se afastarem rapidamente, aqueles dedos com unhas polidas se enroscaram nos dele. Isso foi suficiente para aplicar uma grande pressão ao seu coração. Parecia quase ter uma língua grande lambendo seus dedos. E aquele idiota ficou tão distraído com os dedos sensuais que ele não percebeu que estava a poucos milímetros de ser picado pela agulha venenosa no dedo anelar dela.

Ara. ara. Eu assustei você?”

A garota sexy riu e a garota de vestido tremeu.

“Primeiro você mima Amazora e a atrai com comida e depois você atrai os lados protetores e travessos de Rikuri Nee-san simultaneamente? E você não se importa com quem é, desde que seja uma menina?”

“Então você percebeu?” ― perguntou Kumokawa ― “Eu aposto que o garoto agiria muito bem com uma árvore se seu tronco parecesse a virilha de uma mulher.”

Amazora encheu o rosto de ostras e esticou as pernas por baixo da mesa.

Era rude, mas a cozinheira ficaria encantada em ver o sorriso em seu rosto.

“Heh, heh, heh. Eles são tão bons!”

“Bem, não é tão bom assim.”

“Eu posso comer o resto para você, se você não os quiser, Onii-chan.”

“Não se atreva! Eu estava guardando isso para o final!!”

Eles tinham origens diferentes e viviam em mundos diferentes, mas ainda assim podiam se reunir assim.

Mas algo estava faltando. Kamijou Touma não sabia muito sobre a LSS ou esse Bio-Hacker, mas recuperaria o que lhes fora roubado.

―PARTE 04

Eles estavam nas montanhas.

E por qualquer motivo, Kumokawa e as irmãs misteriosas se recusaram a usar a estrada pavimentada da montanha. Isso significava que eles foram forçados a caminhar pela densa floresta cheia de quem sabe quantos insetos.

“O que mais podemos fazer? Não sei quem é o dono dessa montanha tecnicamente, mas devemos assumir que é efetivamente o quintal daquele homem. Certamente haverá algo montado na estrada de uma montanha. Os drones que enviamos para verificar estão longe de serem perfeitos. Não sei se existem câmeras ou sensores lá, mas devemos evitar essa estrada enquanto pudermos.”

A conversa de Kamijou e Kumokawa foi inesperadamente interrompida por Rikuri com a saia justa e riscada.

Ela pode ter sido do tipo que fazia tudo o que podia pelo cliente.

“É assustador quando você pensa sobre isso, não é? A LSS pode criar criaturas vivas de qualquer tamanho, mesmo microscópicas, certo? A combinação de uma arma de choque infecciosa e uma represa não é um pensamento horrível?”

“Até as crianças mostram que os vilões são escritos mais complexos do que isso atualmente. Deveríamos agradecer a esse homem por ser inteligente o suficiente para não participar de um enredo barato como esse.”

Nos filmes e nos dramas, os vilões tendiam a causar o maior dano possível, mas ataques e crimes terroristas reais teriam um objetivo claro ou um motivo de lucro por trás deles. No último caso, uma arma para matar milhões seria inútil se não houvesse maneira de ganhar um único iene com ela. De uma perspectiva de custo, um plano que ganhava milhões de ienes sem matar uma única pessoa era muito mais inteligente. E tanto melhor se também fosse legal. Embora seu crime fosse legal, as pessoas costumavam chamá-lo de plano de negócios.

“Ah!!”, gritou Amazora quando ela escorregou em um pouco de lama ou algo assim.

Kamijou estava atrás dela, então ele se moveu para apoiá-la por trás.

“Ei, vocês podem desacelerar para acompanhar o ritmo dessa garota!? Ela tem muito peso e tenho certeza de que não são os sapatos que você deseja escalar.”

Sua boa vontade não tinha sentido para o mundo subterrâneo deles.

“Então que tal você carregá-la?” ― sugeriu Kaibi irritado ― “Com um paiol de armas e pólvora, ela carrega 100kg, portanto, tentar ser gentil fará com que você seja esmagado como um Onbu Obake.”

“…”

“Tudo bem, eu vou!! Se ela e as coisas dela têm apenas 130kg, isso não é muito diferente de carregar o cara mais importante da minha classe. Isso não é impossível, então tudo bem. Vai ficar tudo bem. É para ajudar uma garotinha, então eu sei que posso fazer isso!! Farei o que for preciso para não abandonar uma garotinha nas montanhas! Vamos fazer isso!!”

“Você não me carrega depois de me chamar de garotinha. Eu não gosto desse cara.”

“Ha, ha, ha. Esqueceu o que aconteceu na garagem, garota? Não se preocupe. Esta não será a minha primeira vez carregando você” ― Sorri

“V-Você levou minha primeira vez enquanto eu desmaiei, Onii-chan!? Quão Super Onii-chan você é!?”

(Embora aparentemente esquecendo completamente que ela já havia subido no colo dele para pegar as ostras cruas), Amazora começou a bater-lhe suavemente com os punhos e o chamando de: ❝Onii-chan

Então ele aparentemente desenvolveu uma distância emocional decente com ela, não importa o que ela reivindicasse. As outras duas irmãs pareciam um pouco tristes com isso, mas isso era um segredo.

“Amazora”, disse a garota de vestido.

“Ah!? Não, espere, Kai Onee-chan! Eu absolutamente não gosto desse cara!”

Ela tentou novamente usando a distância emocional da irmã mais nova por Kamijou Touma.

“Amazora.”

“Heh, heh. Eh, heh, heh. Oh, vamos lá, Onii-chan. Não olhe diretamente para mim e sussurre meu nome assim. Mas se você absolutamente insiste, acho que posso deixar você! … Espere, por que Kai Onee-chan pareceu como um menino e por que eu a chamei de Onii-chan? Q-Que vergonha!!

“…”

A boca de Gokusai Kaibi formou um pequeno triângulo quando ela tropeçou em um uso incrível de seu poder. Embora seu orgulho provavelmente se recusasse a deixá-la usar esse método de ataque.

Então Gokusai Rikuri fez um barulho enquanto observava suas irmãs.

Hmm.

“Eek!?”

Kamijou gritou quando a irmã mais velha e sexy se inclinou contra ele de lado. A quantidade de contato corporal era igual à pequena Amazora, mas a sensação era inteiramente diferente.

Ela descansou a cabeça no ombro dele e falou com um suspiro doce que parecia não apenas maduro, mas venenoso.

“Estou deixando isso passar desde que concordamos com esse acordo, mas devemos ser assassinas, não guarda-costas. Eu realmente preferiria se você não chegasse tão perto de nós. Você precisa mostrar um pouco mais de medo para não prejudicar nosso orgulho.”

“Hum, hum, hum, o que você está tentando dizer? Você poderia traduzir isso da linguagem da sua gangue para a linguagem normal!?”

Um calafrio percorreu a espinha de Kamijou com o contato próximo com aquela senhora que usava agulhas e fios venenosos, mas Kumokawa Seria (que estava a caminho de desenvolver as curvas necessárias para estar na mesma categoria sexy❞) colocou as mãos nos quadris e suspirou.

“O que ela quer dizer é óbvio o suficiente: ela odeia a facilidade com que você estava roubando sua irmãzinha e tentou roubar a garota de volta usando uma armadilha de mel, mas então ela começou a seguir esse caminho de verdade.”

“Não sejamos ridículos. Eu simplesmente preciso permanecer no controle se quiser uma vantagem nas negociações de pagamento.”

Kumokawa levantou os dedos indicador e médio.

“Acredito que o padrão é 2.”

“O que eu acabei de dizer sobre ser ridículo? Nós fornecemos três pessoas, então três seria o mínimo.”

Mas.

O garoto ignorante ficou sinceramente surpreso com isso.

“Hã? 3? Tipo 3000 ienes? Assassinos são tão baratos!? Isso é assustador, mas é um bom negócio.”

“…”

“Diga a ele que ele está errado, Nee-san!! A ignorância amadora dele não é tão charmosa quanto você pensa que é!!”

Essa mulher perversa pode não estar acostumada a ver uma perspectiva tão positiva, então Kaibi se irritou e gritou freneticamente para sua irmã mais velha.

Kumokawa observou cuidadosamente os arredores.

“Não há câmeras nos troncos das árvores, nem zangões voando por aí nem microfones presos no chão. Pensamos demais nisso? Ou nós interpretamos errado de alguma forma?”

“Por que você está murmurando para si mesma, Senpai? Procurando atenção?”

Kamijou mal conseguia ficar de pé com o peso da metralhadora nas costas, mas a garota da alta classe bateu nele com um chute baixo. Já que o chute foi o que o fez cair e se envolver com a irmã mais nova, ele realmente desejou que ela não o encarasse assim.

“Primeiro aquela garota querida e agora isso. Você nunca pode confiar nas garotas que usam a idade mais jovem como arma.”

Foi quando eles ouviram o farfalhar de algo separando a vegetação rasteira.

Não eram Kamijou, Kumokawa ou as irmãs vestidos de maneira berrante.

Então o que foi?

“Aí vem um dos produtos quentes da LSS!!”

―PARTE 05

Uma cabana de madeira de dois andares ficava nas montanhas.

Não deveria haver nenhum padrão apropriado para a garagem, porque parecia caixas de metal e concreto unidas à força.

“Kraken, leve a garota.”

Com um som úmido na parte de trás do carro, o porta-malas se abriu e um monstro de 10 pernas se arrastou para fora. Tentáculos cobertos de ventosas entraram pela janela em vez da porta para arrastar Mitsuari Ayu mole como uma bagagem.

(Nada nos impediu de chegar.)

Griffin, Karkinos, Fenrir, Hydra, Omukade, Hræsvelgr, Wendigo.
Vou descongelar todos e despachá-los imediatamente. Bem-vindos, meus amigos, à floresta das bruxas.”

Aquele prédio era uma despensa. A natureza estava agora sob o controle do Bio-Hacker. As montanhas modernas eram pavimentadas com concreto e asfalto e dispostas com linhas de energia, fibras ópticas e canos de água, mas essa foi rapidamente transformada em um local de caça mortal, onde as pessoas eram esmagadas como meros insetos.

É claro que ele não controlava os monstros lendários; estes eram apenas monstros biológicos, dados esses codinomes. Como Bio-Hacker, Matsuo Ryuusuke brincou com o DNA de vários animais, desligou o sistema imunológico e os juntou para seus próprios fins cruéis.

Não havia necessidade de eles tomarem esse formulário.

Ele não tinha um conjunto ideal de peças, como em um tabuleiro de xadrez ou shogi.

Isso não chegou nem perto da eficiência máxima.

Foram falhas que não foram capazes de cumprir seu propósito original de usar o medo para despertar a Criança do Princípio, a primeira esper que nem mesmo o Presidente do Conselho poderia controlar. Ainda assim, seus gostos pessoais haviam desempenhado um papel na escolha das formas exatas que haviam sido dadas naquela fase inicial de teste.

Contudo.

A união de diferentes corpos animais foi realmente mais distorcida do que a Cidade Acadêmica, que experimentou seres humanos para produzir espers em massa?

“Eu brinquei com a vida a ponto de criar tantas formas únicas.”

Eles se mudaram da garagem para a vila.

O jovem sorriu e falou enquanto passava pela porta em sua fortaleza.

“Mas não posso criar nada como vocês do zero. Por isso, infelizmente, tive que convidá-la para minha casa assim.”

“…?”

Mitsuari expressou confusão enquanto o monstro viscoso a carregava. Ela não pôde resistir, mas podia enrugar a testa.

(Como vocês?)

Ela não era a única pessoa que havia sido sequestrada?

Se ele estivesse sequestrando todos que pudesse encontrar com poderes psicológicos.

Mas a verdade acabou sendo ainda mais cruel.

“Eu realmente gostaria de colocar minhas mãos em Mental Out, mas ela é a 5ª. Não estou em posição de colocar a mão em uma das sete Nível 5. Eu queria a melhor qualidade disponível ao preparar meu equipamento experimental, mas não podia ter esse desejo levando todo o plano ao fracasso antes mesmo de começar. Qualquer um que pudesse fazer o trabalho faria isso, então eu decidi não colocar minhas vistas muito altas.”

Ela sentiu uma agitação no coração.

Ela realmente não queria ouvir palavras bonitas de um sequestrador.

Mas.

Por outro lado.

Essa era a verdadeira razão de ela ter sido alvejada?

“Você tem um poder semelhante a ela e estava convenientemente desprotegida, então imaginei que você se contentaria como uma substituta.”

―PARTE 06

A primeiro a responder foi Amazora, acompanhada pelo som de várias peças de metal se juntando. Ela puxou a metralhadora e o compartimento de polvora dos dois sacos do paiol, prendeu a mangueira de munição e preparou a própria unidade.

“Voltem!!”

Estrondos de explosões seguiram-se rapidamente.

As árvores densamente ao redor deles foram arrancadas juntamente com o que estava escondido lá.

Mas.

A mandíbula gigante, garras sinistras, asas que produziam rajadas e olhos penetrantes estavam ilesos.

“Você está brincando! Isso dispara 6000 balas de 20mm por minuto! Como uma criatura biológica, com apenas ossos e músculos, impede isso!?”

“Então vamos consertar isso com algum veneno biológico. Me cubra, minha irmãzinha fofa ☆”

“Entendido, Rikuri Nee-san.”

A pistola de Kaibi parecia pequena em comparação com a metralhadora, mas, embora não pudesse dar um golpe fatal, poderia ser usada para assumir uma posição defensiva e segurar o inimigo.

Enquanto isso, Rikuri aproximou-se da presa com a saia cortada tremulando.

Ela girou um injetor a gás como se fosse uma caneta e o segurou com firmeza.

Ela não apontou para a superfície dura.

Ela enfiou a ponta na membrana mucosa fisicamente e quimicamente fraca perto da pálpebra do lagarto gigante e apertou o botão com o polegar.

Depois de um ‘psh’ semelhante a uma tampa de refrigerante, a forma gigante oscilou para o lado.

Então desmoronou e parou de se mover.

“As bactérias Clostridium botulinum podem ser encontradas na sujeira em qualquer lugar do mundo, mas se as condições forem adequadas, podem produzir uma toxina poderosa. Diferente do baiacu ou do wolfsbane, não há como controlá-lo, tornando-o um veneno muito assustador.”

Measure Heart pode controlar a distância emocional entre as pessoas.

Isso significava que não havia muita utilidade contra não-humanos, então, em vez de confiar nisso, Kaibi trocou a munição de sua pistola e falou casualmente.

Mas, em vez de para as irmãs, ela falou com Kamijou.

“Vocês dois vão em frente ao esconderijo de Matsuo Ryuusuke.”

“O quê?”

“Seu objetivo não é destruir as forças da LS.S. ou parar a ressurreição da Criança do Princípio, certo? Você quer resgatar Mitsuari Ayu. Estamos arriscando nossas vidas para lutar aqui, por isso não queremos que isso seja tratado como um fracasso, porque você perde de vista seu objetivo e deixa passar muito tempo. Queremos ter certeza de que ainda seremos pagos por esse trabalho, é o que estou dizendo.”

“Ignore a tsundere que insiste em fingir que isso é tudo sobre interesse próprio. Precisamos ir, garoto!!”

“Você acha que eu me apaixonaria por esse garoto depois de 5 segundos? Eu pareço Amazora para você?”

(Eu acho que não seria de muita ajuda aqui de qualquer maneira. Se derrotarmos aquele cara de Matsuo, poderemos encontrar um comando de parada ou alguma outra maneira de terminar a luta. Com criaturas vivas, o grande chefe certamente terá um sinal de spray ou ultrassom que pode impedir os monstros de fazer um lanche com ele!)

“Ok, mas vocês não podem morrer!!”

Os humanos modernos precisavam de armas para caçar nas montanhas. Nesse sentido, Kamijou não passava de peso morto. Especialmente quando suas presas eram monstros cuspidores de fogo maiores que um elefante. Enquanto Amazora disparava tiros para impedir os monstros, Kamijou e Kumokawa saíram para seguir em direção ao cume da montanha.

Eles podiam ouvir sons agourentos das árvores e arbustos ao redor deles. Kamijou não sabia muito sobre caminhadas ou caça, mas até ele sabia pelo peso dos sons que essas não eram pessoas.

“Faça silêncio”, disse Kumokawa, enquanto puxava para fora um spray desodorizante e pulverizado ao redor. Aquele perfume artificial parecia torná-los mais visíveis aqui na natureza, onde as cigarras estavam chorando, mas enquanto a tensão apertava o coração de Kamijou, o misterioso gigante que sacudia as árvores da floresta passou por elas.

“Eles parecem estar nos rastreando usando apenas um certo comprimento de onda de luz e certas partículas de perfume químico. Essa é uma maneira padrão para animais e insetos rastrearem suas presas. Os íons de prata devem ser suficientes para mantê-los afastados.”

“Aquelas irmãs vão ficar bem?”

Ele olhou para trás em choque. Quanto mais monstros passavam por eles, mais eles se reuniam em torno das irmãs que estavam fazendo tanto barulho.

Kumokawa só tinha uma coisa a dizer sobre isso.

“Elefantes e tigres são espécies ameaçadas de extinção atualmente. Por causa das armas e destruição ambiental provocada pelos seres humanos. Confie no fato de que as meninas terão vantagem aqui.”

“É assim mesmo que funciona?”

Além disso, ele e Kumokawa estavam desarmados, então não havia nada que eles pudessem fazer se voltassem agora. Essas eram todas as criaturas semiartificiais criadas pelo Bio-Hacker. Como armas artificiais, eles podem ter limites que faltavam às criaturas naturais. Na estrutura básica de seus corpos ou em algum tipo de reflexo condicionado treinado neles, como nos cães de Pavlov.

Se havia seguro em vigor em caso de emergência, eles só precisavam descobrir o que era aquilo.

Podem ser alguns alto-falantes de ultrassom ou um spray que afetou o nariz do animal muito mais do que os humanos, mas um vilão barato certamente tinha algo assim escondido.

“Vamos. A vila de Matsuo Ryuusuke está à frente.”

“Certo.”

Eles não encontraram dinossauros ao longo do caminho, mas viram algumas flores terrivelmente bonitas algumas vezes. Elas tinham folhas rosa e pétalas brancas. Aquelas pequenas e adoráveis ​​flores cresciam do chão, mas também de lugares não naturais, como troncos de árvores e pedras.

“Não pise em nenhum desses” ― alertou Kumokawa Seria ― “Eles devem ser alarmes da LSS. Pegue o pólen ou o néctar nas mãos ou nos sapatos e todas as criaturas nesta montanha estarão atrás de você.”

“Q-Que prova disso você tem?”

“Basta folhear a enciclopédia da planta. Garanto que a flor não estará nela ou em qualquer outra que você verificar.”

Eles também viram algumas formigas com abdômen extremamente gordo. Elas provavelmente continham esse néctar de alarme, já que o abdômen gordo tinha a mesma coloração das pequenas flores. Não ficou claro se o Bio-Hacker os fabricou ou se os insetos normais acabaram assim, mas ainda seria melhor não pisar neles.

Enquanto eles subiam a encosta, o mato subitamente chegou ao fim.

A visão deles se abriu e eles se viram na estrada sinuosa da montanha.

“Quase lá.”

Kumokawa apontou mais para a montanha com o polegar e voltou a andar.

Uma vez no asfalto, a temperatura parecia subir um pouco, talvez por causa do sol refletido. Cidade Acadêmica era um lugar artificial por completo. Eles podiam ver um lago artificial e uma grande torre de metal ao longe.

Aquilo é o Ground Geo?

?

“Não se preocupe com isso. É uma instalação não tripulada, então não haverá trabalhadores ignorantes para serem banqueteados pelas criaturas. Precisamos focar em nós mesmos.”

Depois de continuar um pouco pela estrada da montanha, eles voltaram à terra através de uma brecha no corrimão. No cruzamento entre uma trilha de animais e uma estrada rural, o mato havia sido pisoteado e havia marcas de pneus. No entanto, eles não se sentiram perdidos. Kamijou percebeu que eles estavam se aproximando da pessoa que havia criado esse caminho.

E.

“Encontrei”, ele disse.

Uma estrutura descaradamente artificial os esperava através das árvores escuras. Ele viu uma cabana de madeira com uma garagem quadrada ao lado. Mas como essa era a base de um Bio-Hacker, poderia haver mais do que isso. Quem poderia dizer o que estava vivendo lá com aquele homem.

Não havia placa de identificação óbvia ou nome da empresa em exibição.

Mas muito parecidos com óculos de sol e uma máscara, que pareciam transportar o ar sinistro de alguém tentando esconder sua identidade.

“Isto é a LSS…, não, o esconderijo de Matsuo Ryuusuke!!”

―PARTE 07

Kamijou e Kumokawa não eram especialistas em infiltração.

Então, em vez de seguir qualquer tipo de plano complexo, eles adotaram um método bastante grosseiro de invadir a cabana.

Kamijou não hesitou em pegar a maçaneta da entrada principal, mas Kumokawa segurou firmemente seu pulso para detê-lo.

“Cnidócitos de água-viva.”

“?”

Ele ficou tenso com medo de algo que não podia ver, então ela usou a sola do sapato para abrir a porta. A cabana parecia um prédio de dois andares do lado de fora. Mesmo como uma vila, era do tamanho de uma casa de família normal.

Kumokawa colocou luvas finas de borracha nas mãos enquanto caminhava para dentro.

Como você chamaria esse quarto em uma vila ou cabana na montanha?

Em uma casa normal, a grande sala teria sido a sala de estar, e era aí que o homem que procuravam estava descansando em um sofá de couro, sem qualquer tentativa de se esconder. Em vez de se sentar, ele estava deitado com a cabeça no apoio de braço e tinha um copo de conhaque na mão.

“Matsuo!!”, rugiu Kamijou no instante em que o viu.

“Ora, isso é uma surpresa. Eu pensei que ninguém mais apreciaria o que eu estava fazendo aqui, mas aqui você está bem a tempo de comemorar comigo. Sei que essa instalação de armazenamento é monótona, mas, por favor, sinta-se em casa.”

Kamijou não o deixou dizer mais uma palavra.

Com uma respiração curta, ele correu em direção ao jovem vencedor da vida que estava deitado em um sofá de três pessoas.

O homem nem se mexeu.

Talvez Kamijou devesse ter notado que algo estava errado quando o homem não se levantou depois de ouvir a porta se abrir.

“Gah!?”

Kamijou Touma foi o único a gemer.

Matsuo Ryuusuke ainda não havia se levantado do sofá.

Ele permaneceu relaxado naquela posição antinatural enquanto o garoto estava preso no ar vazio. O que quer que tenha feito isso, um ser humano não poderia mudar de direção uma vez que seus pés deixassem o chão. Enquanto Kamijou lutava, Kumokawa suspirou suavemente e pegou uma lanterna. Era parecido com os bastões de brilho que um público de ídolos acenava, mas foi feito para que ela pudesse mudar o comprimento de onda da luz. Ao mudar gradualmente a cor de vermelho para azul, houve uma reação na faixa verde-amarelada.

Algum tipo de fios invisíveis estavam amarrados ao redor.

“Uma teia de aranha, hein?”

“A dona da teia está embaixo do sofá. Devo apresenta-la a você?”

Isso foi uma piada de bêbado ou não?

Mas Kumokawa não prestou atenção e pulverizou algo em direção a Kamijou a partir de uma lata de spray. Seus laços desapareceram e ele caiu no chão de madeira.

Pela primeira vez, Matsuo se virou no sofá para mostrar interesse neles.

Ainda não era suficiente para ele se levantar, no entanto.

“Como você fez isso? Duvido que você tenha sido equipada com ferramentas para lidar com uma aranha em particular.”

“Seja aranhas ou água-viva, tudo em que você confia é de natureza biológica, então tudo que eu precisava era de algo eficaz contra todas as criaturas biológicas.”

“Ácido?”

“De uma espécie. Uma coleção de ácidos digestivos.” ― Kumokawa piscou enquanto balançava a lata de spray ― “Leões, tubarões, tigres, elefantes, orcas, enguias elétricas, ursos polares, gorilas, rinocerontes, lulas gigantes, água-viva assassina de 2 cm, formigas do exército e pequenos ursos de água. Todo mundo tem sua própria opinião sobre qual animal é o mais forte, mas todos têm seus prós e contras. Então, Matsuo Ryuusuke, como um Bio-Hacker que fez das criaturas biológicas seu hobby e trabalho, certamente você sabe que nenhuma outra espécie pode superar os seres humanos que comem qualquer coisa e tudo como onívoros.”

“Entendo.”

“Supondo que a LSS não tenha começado a criar criaturas à base de silício, então isso é xeque-mate. Você se especializou demais em uma direção. Claro, isso é um erro comum aqui na Cidade Acadêmica.”

“Interessante.” ― Finalmente, Matsuo Ryuusuke reuniu forças em seu abdômen e levantou-se ― “Talvez eu devesse ter feito mais pesquisas sobre bactérias redutoras de enxofre ou aqueles vermes que usam plástico. Foi um erro da minha parte, por isso vou aceitar as consequências. Agora, o que você queria discutir?”

“Você está brincando comigo?” ― Kamijou cerrou os dentes e gritou enquanto aguentava a dor e se levantava do piso de madeira ― “Você já sabe o que!! Onde está Mitsuari!?”

“Eu vou devolvê-la em breve.”

“Devolva-a agora!!”

“Se você insiste.”

Um bipe eletrônico fora do lugar começou a encher a sala.

Era um despertador ou um timer de cozinha?

Mas parecia improvável que o homem tivesse uma pizza ou peru no forno agora. O que ele estava esperando enquanto estava sentado no sofá com um copo na mão? O bip barato parecia o toque de um sino relatando a morte iminente do mundo.

Kamijou não pôde deixar de se voltar para a fonte do som.

Ele teve que se perguntar como ele não percebeu até agora.

As paredes estavam alinhadas com prateleiras cobertas com alguns itens. Além de livros médicos grossos, enciclopédias e algumas garrafas de bebidas, havia algumas amostras biológicas mantidas em um líquido misterioso.

“Ah.”

Entre eles, algo semelhante a um caixão estava de pé.

“Ahh.”

A tampa foi removida, dando uma visão do que havia dentro.

O caixão estava coberto de flores coloridas e uma garota de cabelos macios estava meio enterrada neles.

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!

Kamijou gritou, tropeçou na pressa e de alguma forma conseguiu se aproximar o suficiente para agarrar o caixão. Como não estava fixo no lugar, rolou para o lado. A garota lá dentro não abriu os olhos nem se mexeu. Isso foi incomum. Ele bateu as mãos no caixão florido e tentou levantá-la, mas ela não se mexeu. Quase como se ela estivesse presa no lugar por uma poderosa super cola ou algo assim.

Os olhos sem foco da garota vagaram e palavras monótonas saíram de seus lábios.

Amplificação de memória +3, estimulação do medo +2, confusão -2, identificação errônea direcional +1, delírio +0.

“Mitsuari? Ei, Mitsuari!!”

Ela não respondeu aos gritos dele e ele não tinha certeza de que seria seguro agarrá-la pelos ombros e sacudi-la nesse estado.

Algo estava errado.

Um olhar mais atento mostrou que aquelas não eram flores no caixão.

As folhas e os caules da planta estavam artificialmente inchados por algum motivo e ocupavam o espaço semelhante a um cacho de uvas.

“São irritações de pele?” ― Kumokawa estreitou os olhos ― “O que exatamente você fez?”

“Como você disse, eu me especializei em uma única direção, então não posso fazer nada sem envolver a biologia de alguma forma ou moda” ― Matsuo Ryuusuke balançou o copo e drenou o restante do líquido âmbar antes de jogar de lado o copo vazio ― “Eu precisava garantir que Mitsuari Ayu usasse seu Mental Stinger como eu desejava. Ela já estava em um fraco estado de delírio com a arma de choque infecciosa, removendo seus limitadores. Então eu só tinha que fornecer os estímulos externos exatos corretos para alcançar meu objetivo. É o que você vê aqui.”

Um som de rangido estranho se seguiu.

O caixão que continha a garota que não respondia inclinou-se desconcertantemente. Não, de quem era o caixão originalmente? Mitsuari Ayu não era a única pessoa que estava dentro. Outro olhar espiou por baixo do caixão como alguém escondido debaixo de uma cama.

Sim.

Alguém mais estava deitado de costas com Mitsuari.

Eles estavam dormindo no lado inferior do mesmo caixão.

“Garoto!!”, gritou Kumokawa.

Como uma enorme tampa de bueiro sendo aberta, todo o caixão se levantou com força.

Essa pequena forma proporcionava uma presença muito mais intimidadora do que um dinossauro ou dragão.

Era uma garota humana vestindo um uniforme escolar do tipo hakama, do tipo que só é visto em fotos antigas em preto e branco. Um grande arco balançava adoravelmente na frente de seus quadris.

Sem nenhum conhecimento prévio, isso não teria parecido muito.

Mas na sala de servidores da LSS, Kamijou soube que essa pessoa era a primeira esper da Cidade Acadêmica que nem mesmo o Presidente do Conselho podia controlar. Ela não deveria existir nesse período. Parecia que ela usara uma máquina do tempo ou saiu de uma foto.

E isso não estava totalmente errado.

Na verdade, ele pode ter sido muito lento para descobrir.

Sua visão ficou subitamente turva. Ele só percebeu que havia sido jogado do outro lado da sala quando colidiu com a parede oposta. Ele ofegou, incapaz de respirar, e deslizou para o chão como um pano molhado preso na parede.

Ele não tinha ideia do que aquela garota havia feito.

Isso era um poder esper, ou simples força física?

“A Criança do Princípio, que nem mesmo Aleister poderia controlar.”

Ele ouviu uma voz cantada.

Matsuo Ryuusuke sentou-se no braço do sofá enquanto observava os frutos de seus trabalhos com satisfação.

Esse poder estranho era de um tipo completamente diferente do que ele havia trabalhado.

“Se os produtos da empresa da LSS não tiverem utilidade contra você, é melhor que eu faça todas as paradas. Esse gênio antigo tem a possibilidade de superar o Presidente do Conselho, Aleister. Agora, vocês, estudantes modernos. Quão perto dela seus esforços podem lhe trazer?”

―PARTE 08

Kamijou Touma ouviu um rugido.

Tudo o que ele podia ver se desfez quando a cabana foi destruída.

―PARTE 09

―PARTE 10

―PARTE 11

―PARTE 12

―PARTE 13

―PARTE 14

―PARTE 15

―PARTE 16

―PARTE 17

―PARTE 18